Fale Conosco

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, decretou luto oficial de três dias na Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), pela morte do arcebispo emérito da Paraíba, Dom Marcelo Pinto Carvalheira. Ele faleceu na noite do último sábado (25), aos 88 anos, em Olinda – PE.

“Expresso minhas condolências à família do arcebispo e decreto luto oficial de três dias na Capital. Dom Marcelo nos deixa com seu exemplo de vida, de fé e luta pela igualdade social. E em nome de minha família e de todos que fazem a Prefeitura Municipal de João Pessoa, externo nossos pêsames”, afirmou.

Em nota, o prefeito demonstrou pesar pela morte do arcebispo emérito, a quem classificou como guerreiro de voz mansa e postura simples.

“Ele agigantava quando saía em defesa dos mais pobres e contras as injustiças sociais, merece todo o nosso respeito, além de ser referenciado pela sua fé, pelo incansável trabalho em prol de uma Igreja libertadora e pela sua luta em defesa das liberdades democráticas e Justiça Social”, diz a nota.

Dom Marcelo foi um dos mais importantes colaboradores de Dom Hélder Câmara e, durante o regime militar no Brasil, defendeu os líderes católicos perseguidos, sendo também preso e torturado. Ele foi nomeado bispo da Paraíba em 1975. Passou pela Diocese de Guarabira e foi designado arcebispo da Arquidiocese da Paraíba em 1995, permanecendo até 2004.

 O corpo de Dom Marcelo Carvalheira chega à João Pessoa na manha desta segunda-feira (27) e será velado na Catedral Básilica de Nossa Senhora das Neves. O sepultamento ocorrerá às 16h.