Paraíba

Luciano Cartaxo apresenta investimentos no Centro Histórico ao setor produtivo e entidades parabenizam gestão pela iniciativa do Parque Ecológico Sanhauá

Os investimentos da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) no Centro Histórico foram apresentados na manhã desta segunda-feira (8) a representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação Comercial. Após o prefeito Luciano Cartaxo detalhar o projeto do Parque Ecológico Sanhauá e a nova iluminação em LED que será implantada em toda a região, os representantes do setor produtivo parabenizaram a gestão pela ousadia de investir no Centro Histórico e por abrir este diálogo não só com a população, mas também com a iniciativa privada.

“O Parque Ecológico Sanhauá é um projeto inovador e faz parte de uma ideia maior que estamos implementando de cidade sustentável e que tem muito potencial para transformar nosso Centro Histórico em um importante polo turístico, econômico e cultural. Realizamos esta reunião para mostrar à iniciativa privada que é possível ter este olhar diferenciado para a região onde a cidade nasceu e valorizá-la, garantindo a João Pessoa a força do turismo de sol e mar, mas também o turismo histórico e cultural”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

Parque Sanhauá – O Parque Sanhauá foi desenvolvido pela atual gestão e já está com obras iniciadas para resolver problemas históricos da Capital, cuidar do meio ambiente e das famílias que viviam na Comunidade Vila Nassau, em condições insalubres e de risco. Estimado em R$ 11,6 milhões, a Área de Preservação Permanente, 193mil m², será completamente recuperada. Para Sérgio Miranda, vice-presidente da CDL, a atual gestão já tem todas as credenciais para imprimir a confiança do setor produtivo de que esta obra não só é possível, mas que também estará pronta no tempo determinado e será fundamental para a cidade.

“Quando Luciano Cartaxo chama as entidades para discutir é muito saudável para todos. O projeto do Parque Sanhauá vem em uma hora super necessária para o Centro de João Pessoa. Ele tem uma visão futurística, mas ao mesmo tempo pensa também no passado, o que é muito bom e necessário para a população. O atual prefeito faz realmente, a gente viu vários exemplos como a Lagoa, a Villa Sanhauá e outros pontos que a sua gestão encontrou soluções e a confiança que a gente tem não é pela palavra, a confiança que a gente tem é pelo que ele já fez”, disse.

O presidente do Sinduscon, José William, destacou também a boa relação entre a Prefeitura e as entidades, no objetivo de desenvolver este projeto. “O Sinduscon sempre esteve à disposição da Prefeitura, mas o atual prefeito valoriza o diálogo e isso é importante porque contribui para o desenvolvimento da cidade. O poder público é a grande indutora para resgatar áreas como esta e o projeto é fundamental para a cidade. É mais um tempo que o prefeito vai marcar na sua gestão revitalizando uma área histórica. A cidade que nasceu no rio, de repente deu as costas a ele e isso é uma forma de novamente dar vida às margens do Rio Sanhauá. A cidade, os comerciantes e todos aqueles que habitam naquela região ganharão com esta obra”, afirmou.

Projeto – O projeto envolveu técnicos da PMJP, Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), do Instituto do Patrimônio Histórico Estadual da Paraíba (Iphaep) e população (moradores, comerciantes, corretores de imóveis e fretistas). A área total do Parque Ecológico do Sanhauá é de 193.354 m² e a área construída será de 25 mil metros quadrados, entre áreas urbanizadas e equipamentos.

O novo espaço público da Capital contará com praça, mirante, elevador panorâmico, passarela elevada sobre o mangue, ciclovias, calçadas requalificadas e estacionamento com 80 vagas. Toda a região receberá iluminação em LED e respeitará as normas de acessibilidade. As edificações serão mínimas e não invasivas para garantir a regeneração ambiental da região. Os recursos são provenientes de uma parceria também com o Governo Federal.

Vida no Centro Histórico – O projeto do Parque Ecológico do Sanhauá se integra a uma série de outras intervenções já realizadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa no Centro Histórico e que modificaram o perfil e deram novo sentido à ocupação desta região a partir de onde a cidade se desenvolveu. Obras como o Parque da Lagoa, Praça da Independência, Pavilhão do Chá, Villa Sanhauá, a integração desta região à cidade através da nova Avenida Beira Rio, permitiram que o Centro Histórico viva hoje uma nova realidade. Os espaços voltaram a receber a população que sai de todas as regiões da cidade para momentos de lazer e de cultura, ao mesmo tempo em que investidores e a população voltam a ter interesse na ocupação sustentável do local.

Tags: Tags: