ParaíbaPolítica

Justiça Eleitoral de Cabedelo defere candidatura de Eneide Régis

A Justiça Eleitoral de Cabedelo fez prevalecer a verdade e derrubou todas as investidas dos que torciam pela não candidatura de Eneide Régis (PSD), principalmente para os militantes do grupo do prefeito interino Vitor Hugo (PRB).

Temendo enfrentar Eneide Régis, a coligação de Vitor Hugo entrou com um pedido de impugnação contra a candidatura dela, mas sofreu revés, uma vez que parecer favorável a coligação de Dona Eneide, em favor do deferimento do registro de candidatura.

Na sentença, o Juiz eleitoral julgou:

“Pelo exposto, Considerando os princípios de direito aplicáveis à especie, além do mais que dos autos consta, julgo improcedente a IMPUGNAÇÃO de fls. 48/73, para o efeito de deferir o REGISTRO DE CANDIDATURA da Candidata ENEIDE MONTEIRO RÉGIS, ao cargo de Prefeita, pela coligação “A VOZ DO POVO”, composta pelos partidos PSD e PSDB, com vista a Eleição Suplementar marca pelo TRE/PB (Res. 25/2018) para o dia 17/03/2019.“

A sentença proferida não cabe mais recurso, uma vez que o prazo expirou hoje (21) para impetração de qualquer recurso de contestação.

A notícia caiu como um balde de água gelada no grupo de Vítor Hugo, frustrando-os e fazendo com que houvesse até uma reunião às pressas para traçarem uma nova estratégia. Já que a do boato que Eneide Régia não seria candidata acabou de cair por terra.

Mal saiu o parecer do Juiz Eleitoral, a candidata recebeu uma enxurrada de telefonemas de militantes, políticos e lideranças comunitárias parabenizando-a, assim bem como agendando reuniões e adesões.

Já se sabe que a estratégia do tapetão ou de boatos não obstaculam a candidatura de Eneide. Com o deferimento da Justiça Eleitoral de Cabedelo, a tendência é o crescimento natural da campanha e motivação ainda maior da militância.

Tags: Tags: