Fale Conosco

A CPI da Última Bala é tão oportunista que os emails de divulgação enviados estão em nome do presidente, João Dantas, e nunca no da Comissão ou da Câmara, o que logo nos leva a perceber a intenção personalista e eleitoreira da ação. E quem recebeu o email em nome do vereador anunciando audiênci pública para esta quarta pode confirmar o que digo.

Em toda CPI o objetivo é chegar a uma conclusão, mas nessa o resultado já foi proclamado na instalação e foi criada para condenar o ex-prefeito Veneziano, seja ele culpado ou não das acusações.

Pensem comigo. O que seria do mandato do vereador João Dantas não fosse essa CPI para lhe garantir os holofotes da plataforma de comunicação paga pela SECOM da PMCG?

Mesmo assim, nada na CPI da Última Bala avança, a não ser a intenção de manter o principal candidato da oposição sob ataques.

Qualquer sapateiro do centro de Campina sabe que a apoteose do teatro mambembe dirigido por João Dantas só fechará o pano quando a eleição se aproximar.

E das luzes da ribalta vai vivendo o vereador inquisidor. Mesmo que com pouca platéia e o risco de uma nova suplência.