Fale Conosco

João Azevêdo passará a distribuir mil refeições diárias para pessoas em situação de rua de Campina Grande após a gestão municipal não promover ações para beneficiar esse grupo. Em parceria com a Arquidiocese, a partir da próxima segunda-feira (19), as atividades serão iniciadas.

Diariamente, serão distribuídos 300 cafés da manhã, 400 almoços e 300 jantares para pessoas em situação de rua. Além disso, no Restaurante Popular da cidade, já são oferecidas 1.500 refeições diárias.

Durante entrevista ao programa Ideia Livre, da TV Itararé, o governador também destacou as obras de mobilidade urbana em andamento no município campinense, as ações de enfrentamento à Covid-19 e a permanência do atendimento no Hospital de Clínicas no município após a pandemia.

“O enfrentamento desse momento exige, principalmente, para nós do governo uma visão muito clara de que além de abrir leitos e dotar os hospitais de uma maior estrutura, precisamos ter uma atenção às famílias que estão em uma situação de vulnerabilidade social. Nós lançamos um programa que envolve a distribuição de 600 mil cestas básicas, aquisição de 500 toneladas de alimentos da agricultura familiar e de 60 toneladas de peixe, ampliação de refeições nos restaurantes populares, dispensação do pagamento da conta de água para as pessoas cadastradas no Tarifa Social e o aumento de 42% no valor do Cartão Alimentação”, ressaltou João.

O governador também evidencia as ações para amparar os trabalhadores prejudicados pela pandemia. “Nós também postergamos por três meses o pagamento do ICMS para 93% das empresas que estão inseridas no Simples Nacional e isentamos bares, restaurantes e o setor de eventos desse pagamento e das contas de água, representando um impacto positivo. Ainda anunciamos investimentos para gerar emprego e renda com o lançamento do pacote de R$ 435 milhões de novas obras em todo o estado, além dos quase R$ 800 milhões que lançamos no ano passado”, acrescentou.

João Azevêdo lembra ainda dos benefícios das obras de mobilidade urbana em curso na cidade, que estão sendo realizadas com recursos próprios do estado. “Nós vamos desafogar o trânsito com a estrada que liga a BR-230, chegando até Lagoa Seca, cruzando por Massaranduba. Essa obra está em execução e em breve passará a servir ao povo de Campina Grande”, disse.