Fale Conosco

Uma história apimentada circula nos bastidores do Judiciário e envolve o filho de uma deputada, o pai, que é ex-marido, e uma pensão alimentícia em atraso.

A prisão do pai do filho da deputada foi decretada com uma agilidade danada e, para não ser preso, ele teve que foragir enquanto levantava a quantia vultosa.

Não entendo como é que o filho da deputada, que é candidato a vereador em Campina Grande, ainda tem direito a pensão paterna, se já se formou e até se casou, mas o que relato agora procede e aconteceu antes do carnaval.

Como corre em segredo de Justiça e é a vida pessoal de políticos, vou me esquivar de publicar os nomes, mas registro aqui o fato para reverberar a indignação de amigos de quem foi quase levado para o presídio de Mangabeira pela petição e inflexibilidade do próprio filho.

Louco por dinheiro assim, o rapaz poderá vender qualquer posição caso se eleja vereador.