Fale Conosco

Os três porquinhos são astutos e agora querem as duas máquinas no segundo turno. Aqueles que manipulam os bastidores da mídia paraibana com verbas oficiais manipulam no sentido de levar a população a crer que o melhor seria um confronto entre Agra e RC, representados por seus apadrinhados Cartaxo e Estela.

A margem de erro das pesquisas financiadas pelas Secoms é o fermento para no sistema A e no sistema C os porquinhos lambuzarem o jogo.

Acho normal o crescimento de estela e Cartaxo, pois por trás de cada um há uma máquina pública usando e abusando daquelas práticas ilegais para captar sufrágios ou botar a cana pra moer por conta erário.

Falta aos guias de Maranhão e Cícero a coragem para jogar no ventilador todos os escândalos do Coletivo Ricardo Coutinho, da merenda escolar superfaturada exibida no Fantástico, ao Cuiá, passando pela destruição da pista do Aeroclube, livros na Época, alhos, bugalhos, lixo e tantas outras coisas que geram luxo para o séquito.

De mãos sujas, Agra trouxe para seu calvário o Luciano que nunca foi santo e agora se lambuza no mar de lama.

Cansada de denunciar com provas e ainda ser perseguida por quem deveria apurar e condenar a imprensa livre cruzou os braços e deixou rolar, mas agora parece que começa a acordar para o fato de que quem cala consente e vai voltar a fazer barulho.

Aqueles que pensam eu aquelas imagens do estacionamento do Estação Ciência nunca irão para o ar se cuidem porque os dados ainda estão rolando.

Nunca se desdenhou tanto da Lei na Paraíba e a população saberá separara o joio do trigo, apesar da manipulação de pesquisas através da margem de erro.

Quem tem as mãos sujas voltará ao ventilador; quem tem as mãos limpas merece uma chance.

Depois eu conto a história de uma verba de 96 milhões que chegou de uma hora para outra na CBTU por “generosidade” do Ministério das Cidades.

O trunfo voltou a ser paus!