Fale Conosco

O líder do PMDB na Assembleia, Gervásio Filho, disse que a oposição não está omissa em relação aos escândalos sofridos pelo Governo do Estado em menos de um mês de vigência. Ele explicou que a oposição está apenas “dando uma trégua” para que o executivo possa se estabilizar.

O líder garantiu que esse foi um acordo firmado com a bancada de situação e “como demos nossa palavra, estamos respeitando o prazo”, garantiu o peemedebista.

Porém, os oposicionistas não estão nada satisfeitos com os encaminhamentos dados por Ricardo Coutinho e Cia. “Eles só fazem criticar o governo passado e não vemos nada de concreto”, reclamou.

A trégua parece que foi interrompida, uma vez que o maior líder do PMDB na Paraíba, o ex-governador José Maranhão virou presa fácil na boca dos governistas e da imprensa que trabalha a serviço da ditadura. A oposição começou sugerindo a paz, mas pode mostrar que quando é guerra, é guerra.