Fale Conosco

A eleição que irá escolher o novo presidente da Federação Paraibana de Futebol virou um verdadeiro caso de polícia. É que foi registrado na 12ª Delegacia Distrital de João Pessoa um Boletim de Ocorrência onde Coriolano Coutinho, irmão do governador Ricardo Coutinho, é acusado de ter falsificado uma assinatura em sua ficha de inscrição. A denúncia foi feita por Alessander de Araújo Gomes, filho de Rosilene Gomes. Ele alega que a falsidade ocorreu na assinatura do representante do Jangadeiro Esporte Clube.

“…, existe uma assinatura não identificada, onde consta o RG 3.742.017/PB, onde esta pessoa de rubrica não identificada, assina no local onde deveria constar uma assinatura do presidente do Jangadeiro Esporte Clube, onde conforme Ata de Eleição, o presente do referido clube é a pessoa do notificante”, diz o boletim policial.

Na última quarta-feira (26), Coriolano Coutinho foi até a FPF para pedir a retirada da chapa inscrita, onde constava o apoio de 36 entidades. No novo registro apenas 13 entidades declaram apoio ao candidato.

 

BO_cori

Blog do Gordinho