Notícias

Ex-presidente do Paraguai é alvo de mandado de prisão na Lava Jato e tem nome inserido na Interpol

O ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes foi alvo de mandado de prisão preventiva em operação Patrón (que em português significa “patrão”), desdobramento da Lava Jato que ocorre nesta terça-feira (19). De acordo com a decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal fluminense, a suspeita é que ele tenha ajudado na fuga de Dario Messer, considerado o doleiro dos doleiros. Cartes terá o nome inserido na difusão vermelha da Interpol.

A ação visa cumprir 37 mandados judiciais no Rio, em Búzios, em São Paulo e em Ponta Porã (MS), na fronteira com o Paraguai.

  • 16 mandados de prisão preventiva
  • 3 mandados de prisão temporária
  • 18 mandados de busca e apreensão

Da redação com informações do G1

Tags: Tags: