Fale Conosco

Aquela máxima de que quem faz um cesto também faz um cento cai como uma luva na análise do perfil empresarial e modus operandi do mega investidor Roberto Santiago, o EIke Batista da Paraíba.

A operação Xeque Mate desbaratou uma estratégia focada no impedimento da concessão de licenças para a construção de novos shoppings entre o Retão de Manaíra e o Cais do Porto, em Cabedelo, e para tanto Santiago comprou a renúncia de um prefeito, Luceninha, e deu posse e garroteou o vice, um esquema de uso do dinheiro público que mantém o prefeito Leto Viana e alguns envolvidos na cadeia.

Pergunto: será que no caso do escambo do terreno da Acadepol também não teve uma coisa como essa que estourou na Prefeitura de Cabedelo?

Não duvido de mais nada. E, cá, pra nós, não custa nada o MP fuçar. Quem procura acha.

Dércio Alcântara