Fale Conosco

Fui gentilmente convidado a comparecer nesta sexta as 9 horas da matina na sede da Polícia Federal, a segunda só este ano, e o autor do processo, vocês já sabem: Ricardo Vieira Coutinho, o governador mais cruel e impopular que a Paraíba já teve.

Os federais farão o trabalho deles, provocados que foram pela assessoria jurídica do governador, que não abre mão da estratégia de me fazer um cerco jurídico.

Da última vez que lá estive – como já disse outro dia aqui – fui muito bem recebido e tratado.

Queriam saber de onde eu tirei a informação de que o governador tinha feito um pacto com o diabo e quem era o autor daquela campanha associando a imagem dele ao satanás.

Tudo porque eu repercuti aqui neste blog a notícia de um site intitulado “fiume de la vita”, cujo autor fez uma comparação espetacular ligando as estranhas esculturas erguidas nas praças que Ricardo fez, as forças ocultas.

Lembram do Cavalo do Cão, Porteiro do Inferno, do Caboclo Girassol e das Pombas Giras?

Pois bem, tudo isso virou processo e tenho que comparecer de quando em vez a sede da PF para me justificar.

Nos artigos que escrevi durante a campanha eu alertava todos para a tese hipotética de que o candidato Ricardo tinha feito um pacto com o demônio, andava com uma “Mãe de Santo” para frente e para trás e que até o seu boneco foi criado à imagem e semelhança do Caboclo Girassol, uma entidade mítica da umbanda.

Agora eu pergunto a você eleitor: você está satisfeito com o governador que elegeu? Acha que eu tinha razão quando alertei? O amigo taxista que vai pagar ISS gostou? O comissionado demitido gostou? O policial sem aumento e sem PEC achou bom? E o comerciante, que vive uma recessão por conta da retrirada do dinheiro de circulação, ta gostando? Ele acabou com a taxa de esgoto ou aumentou a conta de água em mais de 17%?

Para finalizar, quem estava certo:

1.   Eu, que por alertar levei dezenas de processos e vou ter que passar um tempão comparecendo a PF ou sendo notificado por oficiais de Justiça? 

2.   Ou a maioria dos paraibanos, que elegeu Ricardo Coutinho e tudo que ele representava para governar a Paraíba? 

A você que, mesmo tentado, disse “Xô satanás”, o meu mais profundo respeito; a você que tinha um 40 batendo no coração e hoje amarga o erro da decisão, seja bem vindo.

Saibam que toda vez que eu comparecer a sede da PF pra depor ou perante um Tribunal a vossa indignação será a minha principal testemunha.

Como diria o cantor de uma banda de forró de plástico: “Pode processar, pode processar!”

Só peço aos paraibanos que não me deixem só.