Fale Conosco

Só para comparar a diferença entre os mandatos dos prefeitos das duas maiores cidades da Paraíba, Cartaxo tem 69% de aprovação em João Pessoa e Romero tem 67% de rejeição em Campina. E, pergunto, o que diferencia um do outro?

Cartaxo lidera as pesquisas na Capital e dificilmente será derrotado pelo candidato do governador por dois motivos: fez por toda a cidade e suas obras e ações justificam sua reeleição, tendo o pessoense a convicção de que o melhor para a cidade é a competição entre prefeitura e governo.

Romero anda na contramão e se a eleição fosse hoje perderia para Veneziano. Pior ainda, tem uma terceira candidatura crescendo, a de Daniella, e encostando no seu retrovisor. Pouco fez para marcar sua gestão, tendo o campinense a convicção de que lá o melhor é ter um prefeito parceiro dos governos federal e estadual, pois o município não tem boa receita própria.

Hilário em suas bravatas, Romero anuncia hoje o pacote de obras que deveria ter anunciado e executado desde om primeiro dia de sua gestão pífia.

Domingo, dia 11, Campina chega aos 151 de emancipação sem um prefeito a altura do arrojo e protagonismo de sua gente.

Alguém precisa avisar ao prefeito Romero que o pano tá fechando e o seu teatro está no último ato. Dormiu de touca e aciordou tarde para a vida.