Fale Conosco

Os deputados não votaram a “permuta” dos terrenos públicos, como Ricardo Coutinho queria. Após pressão de deputados da oposição e, principalmente, de setores da imprensa livre,, para que o assunto seja abordado e discutido com calma, a proposta saiu da pauta de votação da sessão extraordinária.

O projeto de lei 277/2011de autoria do poder executivo só será discutida na volta do recesso dos deputados, no dia 11 de julho.

Daqui pra lá, muito loby vai rolar e, possívelmente, quem hoje ta contra ressurja defendendo com unhas e dentes o negócio escandaloso.

Como diria caetano veloso, “é a força da grana que ergue e destrói coisas belas”.

Afinal, o crime compensa ou não compensa?