Política

Deputado aliado enterra tese de Bolsonaro recriar a UDN e diz que ‘notícia’ foi mais uma fake news para vender manchetes

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, desmentiu a informação de que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) estaria cogitando recriar a antiga União Democrática Nacional, a UDN, após o mal estar ocorrido com o hoje ex-secretário nacional da presidência, Gustavo Bebiano, que presidia a legenda à época da campanha eleitoral.

Segundo o parlamentar paraibano, a informação trata-se de mais uma fake news.

“Fake news, o que mais tem hoje é fake news. Geralmente, você pode reparar, você vê a manchete, quando você vai ler é outra coisa totalmente diferente. É porque a manchete é o que faz vender”, disparou.

Assinaturas. A nova UDN é um dos 75 partidos em fase de criação, conforme o TSE. Segundo seu dirigente, o capixaba Marcus Alves de Souza, apoiadores já reuniram 380 mil assinaturas – são necessárias 497 mil para a homologação da legenda.

O partido já tem CNPJ e diretórios em nove Estados, como exige a legislação eleitoral para a homologação. Ela tem em Brasília um de seus principais articuladores, o advogado Marco Vicenzo, que lidera o Movimento Direita Unida e coordena contatos com parlamentares interessados em aderir ao novo partido. A articulação envolveria ainda o senador Major Olímpio (PSL-SP), que nega. Com informações Blog do Ninja.

Tags: Tags: