Fale Conosco

A Cruz Vermelha, Organização Social que administra o Hospital de Trauma de João Pessoa, rompeu o contrato que mantinha com a Cooperativa de Médicos Intensivistas da Paraíba (Coomit-PB) e a partir de dezembro a unidade hospitalar ficará sem médicos na UTI. De acordo com documento que oficia o fim desse contrato, a parceria está prevista para ser cancelada no próximo dia 14 de dezembro.

Segundo o administrador comercial da Coomit-PB, Régis Costa, o contrato entre as duas instituições, nº 027/2011, que havia sido renovado no início deste semestre, prevê sua rescisão por ambos contratantes, em qualquer tempo e sem justificativa.

A notificação foi assinada pelo o diretor administrativo do Hospital de Trauma, Sidney Shimid.

Os cooperados não souberam informar quem prestará o serviço no lugar dos atuais médicos que atendem na UTI do hospital e nem disseram o número que profissionais atingidos pela medida.

avisoprevio

BG