Fale Conosco

Nos últimos três anos crimes com características homofóbicos aumentaram em mais de 150% na Paraíba.

 Desde a posse do governador Ricardo Coutinho (PSB) em primeiro de janeiro de 2010, os assassinatos pularam de 11 para 27 em 2012. Os dados referentes a 2013, ainda não foram divulgados.  

No segundo ano do Governo socialista (2011) foram mortos 19.  De 1990, data em que começou a ser contabilizado o número de crimes com assassinatos contra LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) na Paraíba, soma 160 mortos.

Os números são do MEL (Movimento Espírito Lilás) que considera ineficiente nas políticas públicas de proteção aos LGBT no estado da Paraíba.https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif

No dia 2 de março de 2013 o MEL (Movimento Espírito Lilás) realizará uma votação para eleger a sua nova diretoria, a entidade que completa vinte e um anos em prol da defesa dos direitos humanos e da cidadania dos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) no estado.