Fale Conosco

Entre 2003 e 2012, os reajustes sucessivos no preço do feijão roçaram os 200%. Bem acima da inflação registrada no período, que foi de 76,62%. Isso quer dizer que aquele nosso tradicional Baião de Dois tá cada vez mais caro e vai acabar virando comida chique, inacessível para assalariados.

Nos primeiros nove anos de presidência do PT, o preço do arroz permaneceu estável. Subiu só 1,88%. Porém, em 2012 o produto ficou 36,67% mais caro, contra uma inflação de 5,84%. Na década, o arroz ficou 38,55% mais salgado.

Os dados são oficiais. Colecionou-os o IBGE. Vieram à luz em notícia produzida pelas repórteres Eliane Oliveira e Cristiane Bonfanti.

Elas contam que, afora os problemas climáticos, a dupla de grãos preferida dos brasileiros lida com a falta de espaço. A área plantada diminui.

Por quê? Salomão Quadros, da FGV, explica que os produtores migram para a soja e o milho, que têm mais mercado e alcançam melhores preços.

E a fava? Tem por aí até a 20 reais e aquela favada tá ficando cada vez mais rara nas rodas de amigos nos finais de semana.

Alguém aí por favor puxe o freio de mão da inflação para o Brasil não voltar a descer a ladeira.