Fale Conosco

O Blog do Camarotti, do site G1, anuncia que o PMDB decidiu esticar a corda até partir. 

“Em discursos inflamados que ocorrem neste momento na Câmara dos Deputados, a bancada do PMDB decidiu pela posição de independência do partido, abrindo mão dos ministérios da Agricultura e Turismo. Os atuais titulares, os peemedebistas Antonio Andrade (MG) e Gastão Vieira (MA), devem deixar o comando das pastas para se candidatar nas eleições.

Segundo integrantes da bancada, uma nota já está sendo redigida deixando a presidente Dilma Rousseff “à vontade” para definir os sucessores, “de acordo com as conveniências e eleitorais”.

Segundo o vice-líder do PMDB Danilo Forte (CE), apesar de entregar os cargos, a bancada do partido não fará oposição ao governo no plenário da Câmara. “Não dá para enforcar o Michel [Temer]”, disse Forte, em referência ao vice-presidente. “Mas não precisamos de ministérios que na prática nunca foram nossos”, completou.

Publicado às 17h14

A bancada aprovou neste momento moção de aplauso ao líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), que recusou convite de Dilma para assumir o Ministério da Integração Nacional, em detrimento do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), nome originalmente indicado pela bancada. A estratégia da presidente era atender à solicitação do governador Cid Gomes (PROS-CE) para tirar Eunício da disputa pelo governo cearense.

Atualizado às 17h45″

Com Blog do Gerson Camarotti/G1