Fale Conosco

O senador Cássio Cunha Lima, candidato ao Governo da Paraíba pelo PSDB participou, na noite desta quinta-feira (07), de lançamentos de candidaturas e importantes reuniões com lideranças que estão se encorpando a campanha da Coligação A Vontade do Povo, que já reúne 14 partidos (PRB – PP – PTB – PSC – PR – PPS – PSDC – PTN – PMN – PSDB – PEN – PSD – PT do B – SDD).

Na casa de recepções Quinta da Colina, no bairro do Catolé, em Campina Grande, Cássio prestigiou o lançamento da candidatura a deputado federal do vice-governador do Estado, Rômulo Gouveia (PSD). O evento marcou ainda a abertura oficial da campanha à reeleição da deputada estadual Eva Gouveia.

Ao lado do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB) e do postulante a uma vaga no Senado Wilson Santiago (PTB), o candidato a governador da Coligação A Vontade do Povo foi recebido por centenas de pessoas, que ainda comemoravam o deferimento da candidatura tucana por parte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

“Se quiserem ganhar a eleição, agora é no voto. Acabou-se qualquer dúvida que os adversários insistiam em difundir”, disse, antes de elencar suas propostas para a melhoria da Paraíba.

Cássio, cercado por várias lideranças políticas do Estado, voltou a chamar a atenção do povo para o caos na segurança pública, narrando os motivos do aumento da violência.

“Não há um só paraibano que não diga que as coisas pioraram. E essa piora tem uma explicação simples. É que enquanto a nossa população cresceu, e com os índices de criminalidade aumentando também, as nossas polícias diminuíram de tamanho. Parece algo inacreditável, mas a Polícia Militar hoje tem um efetivo menor do que há quatro anos. A Polícia Civil também é menor, tanto que as delegacias estão sendo fechadas. A Operação Manzuá foi desativada e a bandidagem corre solta. Tudo isso porque o atual governo não dispensou a atenção necessária para a segurança pública”, explicou.

Descrevendo-se como mais experiente para voltar a governar o Estado, o tucano apontou o aumento  do efetivo das polícias, através da realização de concursos públicos todos os anos, como uma das soluções para o problema da violência na Paraíba.

Evento de Bruno

Mais adiante, já no salão de festas do Suelen Caroline, no lançamento da candidatura a deputado estadual do vereador Bruno Cunha Lima (PSDB), Cássio renovou seus compromissos com os quatro eixos principais de um governo: saúde, educação, segurança pública e investimentos de infraestrutura, enfatizando os desafios de melhorar a mobilidade urbana e o abastecimento d’água.

“Será muito melhor que a Paraíba tenha um governador que queira trabalhar junto com as prefeituras. No caso de Campina, já fui prefeito e obviamente conheço os seus desafios e problemas. Então, trabalhando em parceria com as prefeituras, todas as áreas do governo serão tratadas melhor. Essa é nossa meta, dialogar e trabalhar em um ambiente de harmonia”, pontuou.

Ao explicar a importância do voto nos candidatos da Coligação A Vontade do Povo para Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado, Cássio fez referência a Aécio Neves, candidato à Presidência da República pelo PSDB, a quem classificou como amigo da Paraíba.

“Se hoje nós estamos ficando para atrás em relação a Estados como Bahia, Pernambuco, Ceará, não é porque somos menos competentes. Somos tão capazes quanto eles. A diferença é que a Paraíba nunca teve um presidente da República que olhasse de forma especial para nosso Estado. E eu vou apontar um só exemplo: a fábrica da Fiat que foi para Pernambuco. Se tivéssemos um presidente que olhasse para nós com a devida atenção,  traria essa fábrica pra cá”, comentou Cássio, que dirige o PSDB nacional como vice de Aécio e o conhece desde os tempos de Câmara Federal, em 1986.

“Aécio conhece nossa região e tem um compromisso firme com a Paraíba, que é resgatar essa dívida histórica que o Brasil tem com o nosso Estado”, arrematou.