Fale Conosco

Durante entrevista ao programa JPB 1ª Edição, das TVs Cabo Branco e Paraíba, afiliadas da Rede Globo, na tarde desta quarta-feira, 17, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) voltou a criticar duramente a postura de intransigência e perseguição política da atual gestão estadual. E destacou seu compromisso de reconciliar o governo com a sociedade.    “Chega de briga, quero criar um ambiente de diálogo, de paz”, afirmou o candidato tucano.

Entrevistado ao longo de 10 minutos de entrevista pelos apresentadores Bruno Sakaue e Denise Delmiro e pelo colunista de política Laerte Cerqueira, Cássio Cunha Lima respondeu às perguntas com objetividade sobre os temas propostos falou sobre segurança pública e a nova Operação Manzuá. O senador ainda garantiu que a carga horária dos servidores públicos deverá ser discutida com o Fórum dos Servidores.

Com relação ao funcionalismo público, o candidato prometeu reduzir a quantidade de servidores comissionados e promover redução de custeio da administração, caso seja eleito. “A Lei de responsabilidade Fiscal não pode ser usada como pretexto para não prestar um serviço público de qualidade”, afirmou. “Vou fazer uma profunda reforma administrativa, uma revisão completa no Estado”, acrescentou.