Fale Conosco

Pela segunda vez no ano os moradores de Assunção acordaram atordoados com a onda de violência crescente que assola a cidade como o Estado. Na noite de ontem (30), novamente uma agência bancaria foi explodida.

De acordo com a polícia, cerca de 4 homens em um veículo Corsa de cor azul escuro chegaram e montaram explosivos num caixa eletrônico de uma agencia bancária. Porém erraram no cálculo e não conseguiram arrombar o cofre do caixa só danifica-lo superficialmente. Eles se evadiram sem levar nada. A polícia não tem nenhuma suspeita do paradeiro dos criminosos até o momento.

Essa é a segunda vez no ano que a cidade é alvo da bandidagem. No dia 17 de abril deste ano, cerca de 6 homens em motos e carros chegaram e montaram um bloqueio em frente ao destacamento da Polícia Militar e se dirigiram a uma agência do Banco Bradesco que foi completamente explodida. Na ocorrência a quadrilha efetuou vários disparos na sede da delegacia. Mas nenhum policial ficou ferido. Durante a ação, os bandidos renderam um vigilante de rua. Tomaram a moto dele e mandaram o homem deitar no chão. Mais de 100 agências bancarias já foram alvos de ataques esse ano na Paraíba.

Em Campina a bandidagem atuou assaltando a loja Leu Madeira localizada no bairro da Liberdade, onde dois indivíduos levaram R$ 4 mil em espécie. Às 21h10 um carro (Corsa ano 1995) foi tomado por assalto no centro da cidade. O proprietário Pablo Emanoel ao voltar ao local onde deixou seu veículo viu que o mesmo já tinha sido levado.

Tentativa de homicídio – No bairro das cidades em Campina, o jovem Luís Carlos de 22 anos, levou dois tiros ao caminhar com amigos pelo bairro. Dois indivíduos numa moto são os suspeitos de alvejar Luís Carlos no tórax e nas maldigas.