Fale Conosco

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) se reuniu, na manhã desta sexta-feira (29), para traçar estratégias para o início dos trabalhos da 18ª Legislatura, na próxima semana. Com intuito de aproximar ainda mais o Legislativo da população, a Casa Napoleão Laureano estará em caravana ouvindo a sociedade, em diversos pontos da cidade. Os vereadores pretendem ouvir as principais demandas da população para discutirem os assuntos no plenário da Casa, além de buscarem as devidas soluções nas respectivas secretarias.

O presidente da Casa, Dinho Dowsley (Avante), explicou que a agenda externa vai ocupar a pauta legislativa no momento em que o plenário da Câmara Municipal passa por reformas. Isso porque depois de uma inspeção da Vigilância Sanitária, o órgão recomendou a troca do carpete do piso por paviflex, por causa dos riscos de contaminação em ambiente fechado. Mesmo com o plenário da Casa em reforma, as outras atividades da Câmara estarão funcionando plenamente.

O primeiro secretário da Câmara, Damásio Franca (Progressistas), revelou que o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (Sapl) já está funcionando para receber todos os projetos e requerimentos que vão tramitar na Casa, mas o plenário está em reforma. Ele explicou que a melhoria na estrutura aconteceu em 2008, ainda na gestão do presidente Durval Ferreira. “A Vigilância Sanitária recomendou que fosse trocado o carpete do plenário. Esse serviço deve demorar umas duas semanas e enquanto isso, nós criamos uma agenda positiva em que os vereadores irão in loco escutar os problemas da cidade, como por exemplo a mobilidade urbana, a Barreira de Cabo Branco e a Saúde”, explicou. De acordo Franca, nos dias reservados às sessões ordinárias (terças, quartas e quintas-feiras) os vereadores vão às ruas escutar as demandas da população para transformar em ações e o mais importante, para posteriormente levarem às respectivas secretarias, para reivindicarem as soluções.

O vereador também explicou que a agenda positiva foi dividida entre os vereadores da Mesa Diretora. Eles coordenarão grupos com outros parlamentares, com interesse nos respectivos temas, da seguinte forma: na terça-feira (2), a partir das 7h, a população será ouvida sobre Mobilidade Urbana, no Parque Solon de Lucena; na quarta-feira (3), às 9h30, haverá visita a escolas da rede municipal; e na quinta-feira (4), os vereadores vão vistar hospitais e postos de saúde; no dia nove, e às 7h, no Largo no Tamandaré, o tema será o ordenamento da Orla da capital. Já às 9h30, os vereadores vistarão a Barreira do Cabo Branco.

“Nos reunimos e decidimos que o retorno às atividades da Câmara não será dentro da Câmara, pois vamos diretamente à sociedade para tratar de assuntos mais pujantes para população. Assuntos que interessam como Mobilidade Urbana, Saúde, Educação, o ordenamento da orla e a Barreira do Cabo Branco. Vamos formar equipes para, in loco, perguntarmos à população as principais demandas sobre cada tema tratado. Na primeira semana trabalharemos em caravana anotando tudo e juntamente com alguns secretários buscarmos a solução dos problemas”, comentou a primeira vice-presidente da Mesa Diretora, vereadora Eliza Virgínia (Progressistas).

Também participaram da reunião os seguintes servidores da Casa: o diretor de Comunicação, Suetoni Souto Maior; o secretário da presidência, Carlos Santos; a coordenadora do Cerimonial Raíssa Cruz.

Parlamento PB.