Fale Conosco

A semelhança física entre o diabo da série de TV The Bible, do History Channel, interpretado pelo ator marroquino Mohamen Mehdi Ouazanni, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pautou um bafafá nesta segunda-feira no país, onde há quem questione se a coincidência pode esconder alguma mensagem política.

A discussão foi iniciada pelo comentarista conservador cristão Glenn Beck, que apontou a semelhança em seu perfil no Twitter, onde é seguido por mais de 640 000 pessoas. Beck postou uma imagem do satã da TV encapuzado e com rosto sério, que foi reproduzida pela imprensa americana ao lado de uma foto de Obama.

O marroquino Ouzanni já havia participado de séries religiosas como Bíblia Sagrada – Davi, Jeremiah, No Começo e The Ten Commandments.

Diante do mal-estar gerado pela comparação, os produtores-executivos do canal History Channel, Mark Burnnet e Roma Downey se pronunciaram a respeito, negando que a escalação tivesse como objetivo inserir na série alguém parecido com o presidente dos EUA. “O History Channel tem o maior respeito por Obama”, diz o texto. “Essa conexão entre o personagem e o presidente é falsa.”
Mais do que respeito: de acordo com o site da revista The Hollywood Reporter, Mark Burnnet e Roma Downey, que são casados, contribuíram financeiramente com a campanha presidencial de Obama em 2008, assim como a Convenção Nacional Democrata de 2009 e outros candidatos do mesmo partido.
Seja como for, a controvérsia pode elevar o público da série. The Bible, que possui dez capítulos, tem tido sucesso na TV americana desde que estreou no início do mês com uma audiência de 13 milhões de espectadores.