Fale Conosco

A polêmica envolvendo a área VIP do São João de Sousa continua e o promotor de justiça do Ministério Público Estadual, Valfredo Alves Teixeira, recomendou que o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSB) suspenda a venda de ingressos no evento. O documento foi divulgado nesta terça-feira (21) na página pessoal do Facebook do promotor.

De acordo com Valfredo, o gestor também terá que devolver os valores já arrecadados das pessoas que adquiriram os ingressos. Segundo o promotor o palco montado deve ser destinado a pessoas deficientes e maiores de 60 anos.

Caso o gestor descumpra a recomendação do MP, poderá responder por crime de responsabilidade e improbidade administrativa.

 

Fonte: Diário do Sertão