Paraíba

Berg Lima: “Não fiz campanha, mas pedi à minha base para votar em João Azevêdo”

Se o prefeito de Bayeux, Berg Lima (Podemos) vai cobrar reciprocidade do governador eleito João Azevêdo (PSB) por ter votado nele no pleito de 2018, ninguém sabe, mas o gestor deixou claro que apoiou o nome do socialista para o Governo do Estado e pediu que sua base política fizesse o mesmo.

“Eu não fiz campanha expressa, mas eu votei e pedi a minha base que votasse em João Azevêdo, pelo seguinte motivo, o governo fez várias ações importante em Bayeux, eu não vou ser hipocrita de não reconhecer, a exemplo do binário, da escola técnica, da casa da cidadania, e agora está concluindo a entrada da cidade, está fazendo toda a sinalização horizontal e vertical, entre tantas outras ações, e muitos estão sendo beneficiados por ações importantes do Governo Ricardo, por isso nós votamos e acreditamos no Governo de João”, relatou.

Berg Lima voltou ao cargo no dia 18 de dezembro, mas pode ter novamente que se afastar do cargo caso a Câmara decida, no próximo dia 29, cassar o mandato do gestor. Com informações Blog do Ninja.

Tags: Tags: