Fale Conosco

Não foi tão fácil assim, mas o governo conseguiu aprovar a Medida Provisória que tira dinheiro de Camará para o Centro de Convenções.

Antes de iniciar a sessão ordinária, assessores de Lindolfo Pires ligavam para os deputados Márcio Roberto e Antônio Mineral para que eles não faltassem à sessão.

O medo era que não desse quorum para a votação da matéria.

O medo foi ampliado já perto do final da sessão. O deputado Wilson Braga, cansado dos discursos e das discussões sobre a MP, ameaçou se retirar do plenário.

Lindolfo Pires estava na tribuna neste momento e diminuiu o tamanho do seu discurso para tentar convencer Braga a não sair do plenário. Conseguiu, claro. Mas a custo de que mesmo?
Mas suou muito para isso!