Fale Conosco

Tem pré-candidato investindo pesado nas eleições municipais deste ano. Em Pedras de Fogo, Lucas Romão, sobrinho do prefeito Dedé Romão, vem negociando apoio por meio de duas motos.

É o que aponta um áudio, disponibilizado nesta terça-feira (4) pelo Politika, que mostra Lucas, sem cerimônia, prometendo uma moto antes e outra depois da eleição, quando ‘estiver com a caneta de prefeito’ a Nildo do Mototáxi. A negociação começa com Nildo sugerindo a doação de duas motos para apoiar a campanha de Lucas.

“Eu fui assaltado e estou sem nenhuma moto, tendo que alugar uma por 70 reais por semana para trabalhar. […] Aí minha proposta é a seguinte, eu quero essas três motos, se você tiver condição de me dar”.

Daí, é a vez de Romão responder. “A gente tem como ajudar, tem como ajudar. A gente quer você conosco. Você não vai ter nada do lado de lá[…]”, diz Lucas se referindo à oposição. E continua. “A gente ia resolver, eu e Ninho, uma pra você trabalhar, tá entendendo? Agora uma mão lava a outra”, diz o pré-candidato clara e audivelmente.

É então que vem a parte mais impactante da conversa, quando Lucas se refere à doação de uma moto durante a pré-campanha e outra somente quando assumir: “Essa proposta de você conseguir uma. Qual o prazo da outra”, questiona o mototaxista. Romão, então, responde: “Ao assumir, quando tiver a caneta de prefeito”.

Ouça o diálogo completo:

Agora, fica o questionamento: cadê o Ministério Público Eleitoral e a Justiça Eleitoral para apurar a denúncia?