Fale Conosco

O que tem de bandido do colarinho branco torcendo pra ela acontecer não ta no gibi. A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal aprovou, durante assembléia realizada ontem (30), um indicativo de paralisação.

A determinação foi feita após reuniões junto ao Ministério do Planejamento, que não apresentou proposta satisfatória às reivindicações dos policiais.

A data de suspensão dos serviços ainda não foi definida pelos delegados. Representantes das entidades de classe ADPF, Fenadepol e APCF se encontraram hoje com o secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva, que informou não haver possibilidade de um acordo sobre a reposição inflacionária das carreiras ainda esse ano.

O presidente em exercício da ADPF, Bolivar Steinmetz, alertou sobre os possíveis danos causados pela falta de investimento na Polícia Federal. “As operações conduzidas pela PF já demonstraram em diversas oportunidades serem de interesse público e estarem em sintonia com a diretriz estabelecida pelo próprio governo federal de combater a corrupção e outros tipos de crime de colarinho branco.

No entanto, faltam investimentos e uma política que valorize os servidores da Polícia Federal”, disse.

Com Claudio Humberto