Fale Conosco

EXCLUSIVO – Só alguém com as costas muitos quentes circularia por toda a Paraíba livremente, inclusive vencendo licitações em prefeituras e até no Governo do Estado, mesmo tendo contra si um mandado de prisão expedido desde maio de 2014.

E esse alguém é Pietro Harley, amigo e sócio de Coriolano Coutinho, o todo poderoso irmão do governador Ricardo Vieira Coutinho.

Como diz o ditado popular, quem é vivo sempre aparece, e Pietro Harley é um quase onipresente. Saído das sombras no ano de 2011 a partir de uma denúncia do ex-sócio Daniel Cosme na Revista Época, ele agora reaparece envolvido em um outro escândalo, pois estava numa Granja, ele e Cori, durante um assalto que, segundo denúncia do CDDH, teria sido forjado para incriminar e executar posteriormente Sebastian Ribeiro, um jovem que descobriu que o seu grupo político tinha vínculos com o crime organizado e tentou sair.

O mandado contra Pietro foi expedido no ano passado, mas para quem tem tanta intimidade com o poder e amigos poderosos, ser procurado por não pagar pensão alimentícia é bronca safada.

Será que o senhores advinham quem é que esquenta as costas de Pietro Harley, um cara que ninguém sabe de onde vieram os bens e faz depósitos de 330 mil reais para empresas como essa aí na nota abaixo? De quem será essa empresa?