Fale Conosco

Em seu mandato como presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande (PT-CG), Alexandre Almeida revela que tem priorizado o contato direto com os filiados para continuar mostrando a forma petista de fazer política, que se iniciou com o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Neste ponto o dirigente partidário afirma que os mais de 4 mil militantes petistas da cidade terão um papel decisivo nesta eleição.

Alexandre Almeida ressalta que o PT é um partido que se ergue da força popular e sempre esteve à frente das grandes causas do país.  Para ele, o trabalho da direção de buscar a aproximação com as bases indicará a melhor forma de ter o maior número de militantes petistas candidatos a vereadores. “O PT que eu quero é um PT com posicionamento. É assim que se faz um partido, com junção de ideias e busca de objetivos. Eu acredito que nossas eleições internas serão tranquilas. Nós estamos em um momento de refletir o partido e de buscar trabalhar na unidade do PT para as eleições municipais que estão próximas”, disse o presidente.


Democracia petista- Alexandre cita que uma inciativa importante do Partido dos Trabalhadores são às eleições internas para escolha dos candidatos. “É um instrumento importante e democrático, onde os filiados podem opinar sobre a escolha do candidato e se sintonizar com os ideais petistas”, afirmou.

 

Segundo ele, o PT vem em todas suas instâncias se preparando para o processo eleitoral deste ano nas mais diversas cidades brasileiras e em Campina Grande não é exceção, pois o partido tem mantido uma constante dinâmica partidária de acordo com a orientação da nacional que enviou uma agenda, que está sendo cumprida, a exemplo da eleição dos delegados marcada para o dia quinze de abril e o encontro de definição da Tática Eleitoral marcado para o dia 22 do decorrido mês. “Estamos trabalhando para que possamos levar para Campina Grande um nome que represente a nossa mensagem e a importância do PT em todas as obras do prefeito Veneziano que vem mudando para melhor a vida dos campinenses”, disse.