Fale Conosco

Montaram uma central de boatos na Paraíba e parte da imprensa, por má fé ou ingenuidade, tem caído feito patinho nas versões plantadas.

É que o “migué” é tão bem fundamentado que até gente séria acredita e a mentira acaba se multiplicando com valor agregado.

O principal alvo dessa central tem sido o pré-candidato do PMDB a governador Veneziano, que de manhã é senador de Ricardo e a tardinha é dado como senador de Cássio, mas não conversou com nenhum e não arreda o pé de sua candidatura ao governo.

E toda vez que Veneziano vai conceder uma entrevista tem que perder precioso tempo explicando que são apenas especulações de uma central de boatos muito bem montada.

Para descobrirmos se uma versão espalhada é fato ou ficção eu proponho o que aguardemos o final do dia e juntemos o boato da manhã com o da tarde.

Como cada versão leva numa direção, o mais óbvio é concluir que as duas versões são frutos da boataria e que nada aconteceu de verdade.

Tiro no pé, a central de boatos tem mantido o nome de Veneziano no olho do furacão e volto a perguntar: porque tanto medo de Vené?