Fale Conosco

“Eu e Pedro provavelmente vamos gravar um dos vídeos mais perigosos de todos. Ideia dele, não minha”, disse pelo Twitter americana de 19 anos Monalisa Perez.

O que aconteceu em seguida foi pior do que o esperado: Monalisa matou o namorado, Pedro Ruiz, com um tiro. Durante a filmagem, via YouTube Live, o namorado da jovem pegou um livro e pediu para que ela disparasse um tiro contra ele. O que era para ser uma brincadeira se tornou algo fatal. O caso ocorreu em Minnesota, nos Estados Unidos .

De acordo com o inquérito do caso , depois do tiro, a jovem ligou para a polícia para relatar o que aconteceu. Quando o atendimento médico chegou, Ruiz, 22, estava caído no chão com uma ferida no peito. Ele morreu no local.

Monalisa que é mãe de uma criança e estava grávida de Ruiz, mantinha um canal no Youtube onde eles faziam diversos tipos de pegadinhas mais ingênuas. Ela disse à polícia o namorado acreditava que o livro conseguiria parar a bala – disparada de uma pistola .50.

Monalisa foi presa pela polícia e será acusada de homicídio culposo. Ela pode pegar até 20 anos de prisão. Depois que a história rodou a internet, o canal do casal no YouTube registrou um grande aumento nas visualizações dos vídeos.

 

Fonte: Veja.com