Fale Conosco

Leia a nota em que o senador Wilson Santiago acusa o ex-governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima, de plantar denúncias contra ele na revista Isto É.

A respeito de matéria publicada na edição deste final de semana da Revista Isto É, e que vem obtendo repercussão junto a sites de notícias da Paraíba, o senador Wilson Santiago, do PMDB paraibano, vem a público esclarecer o seguinte:

 Na minha vida política e empresarial, nunca utilizei “laranjas” e nem soneguei impostos. 

•1.     A matéria requenta os mesmos fatos, transformados em dossiês pelos adversários e exaustivamente expostos durante a última campanha eleitoral de 2010, ação devidamente denunciada, por nós, à Polícia Federal. 

2.     A empresa individual José Wilson Santiago, e posteriormente transformada em Terradrina Construções Ltda, foi criada há 28 anos. Durante toda a sua existência pagou as suas responsabilidades fiscais, conforme certidões da Receita Federal e da Justiça Federal à disposição de qualquer interessado. 

•3.     A documentação fornecida pela empresa fiscalizada comprova que a decisão administrativa de primeira instância da Receita Federal, objeto do auto de infração, foi ANULADA em 2008 pelo Conselho Nacional de Contribuintes, e os recursos contrários encontram-se em tramitação no referido conselho superior. 

•4.     Qualquer decisão final que venha a ser tomada pela Justiça e pela Fazenda deverá ser devidamente cumprida pela empresa fiscalizada, conforme asseguram seus responsáveis, uma vez que há bens e recursos colocados à disposição da Fazenda e da Justiça. 

•5.     A matéria é nitidamente política. A digital do ex-governador Cássio Cunha Lima está presente do começo ao fim da matéria, com citações entusiasmadas. Os mesmos esclarecimentos que faço, com relação aos fatos com que buscam atingir-me, o herói da matéria da Isto É, o ex-governador, não pode fazê-los, com respeito a acusações que lhe tocam, já que devidamente condenado pela Justiça, até a última instância, por abuso do poder econômico, conduta vedada, compra de votos e corrupção eleitoral.  

 Wilson Santiago

Senador da República