Fale Conosco

O Secretário de Saúde da Paraíba, Waldson de Sousa, disse, com todas as letras, que a Cruz Vermelha vai demitir mais pessoas do Hospital de Trauma.

É incrível como essas pessoas, do Governo e da Cruz Vermelha, descumprem as promessas feitas. Edmon Silva disse e repetiu que não haveria demissões no Hospital e, agora, quase 200 pessoas já estão nas ruas sem trabalho. Inclusive um médico já foi demitido.

A nova administração espera reduzir gastos do Trauma em R$ 4 milhões demitindo servidores e piorando o atendimento. E ainda usam a desculpa de que os demitidos aão aqueles que não trabalham e, por isso, estão sendo dispensados das suas funções no Hospital.

Mas esquecem que essas pessoas ou já trabalham lá há algum tempo e desempenham suas funções ou foram contratadas lá sob a indicação do atual governo.

A maior questão é que a promessa e palavra dada foi quebrada e descumprida.

Vale repetir o que já falei antes: que saudades da época em que palavra dada valia um documento registrado em cartório.