Paraíba

Votação sobre decisão do STF de criminalizar a homofobia causa polêmica na CMJP

A votação para a aprovação de um voto de aplauso à decisão do STF em criminalizar a homofobia causou polêmica na Câmara de João Pessoa nesta quarta-feira (29). Mesmo sendo aprovada na Casa, a matéria não deixou de ser criticada por parlamentares.

A vereadora Eliza Virgínia deixou a sessão durante o evento ao afirmar que a decisão do Supremo Tribunal Federal privilegia “certas castas”. “Estão colocando uma mordaça no povo do Brasil”, disse a vereadora sobre a decisão do Supremo, que igualou a homofobia ao crime de racismo.

Concordando com a colega, o vereador Carlão defende a prudência ao lidar com o tema. “A vereadora Sandra fala pela paixão, tem um amor esquerdista que a cega”, afirmou.

A vereadora Sandra não deixou por menos a atitude dos colegas e disparou “A atitude de de ódio”, criticando também os membros que se abstiveram.

Da redação

Tags: Tags: