Fale Conosco

A desembargadora Marília Castro Neves, que difamou a memória da vereadora covardemente assassinada Marielle Franco, responderá a mais um processo. Luyara e Mônica, filha e viúva de Marielle, respectivamente, entram hoje com ação contra a magistrada. É que Marília, segundo o advogado João Tancredo, reiterou “a ofensa que fez a Marielle em uma tentativa de desculpas à professora com Síndrome de Down”.