Fale Conosco

Pelo menos quatro crianças morreram queimadas na manhã desta quinta-feira em uma creche na cidade de Janaúba, norte de Minas Gerais (560 km de Belo Horizonte). Segundo a Polícia Militar, Damião Soares dos Santos, um vigia da escola ateou fogo às crianças e, em seguida, ao seu corpo. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Janaúba, o homem foi encaminhado ao hospital às 9h:40 com queimaduras graves em todo o corpo e morreu pela tarde. Há ainda 40 feridos, nove em estado grave.

O porteiro da escola teria problemas mentais, segundo a polícia. Cerca de 50 alunos estavam no recreio no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no bairro Rio Novo.

Em nota, o governo estadual diz que o governador Fernando Pimentel (PT), “tão logo tomou ciência da tragédia (…) determinou de imediato a mobilização de todas as forças de saúde pública e de segurança do estado – Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil – nas operações de resgate e salvamento”.

De acordo com o governo, um posto de comando emergencial foi instalado no local para “alinhar todos os esforços dos órgãos públicos envolvidos”. O governador decretou luto oficial de três dias e deve chegar ao local na tarde desta quinta-feira.

A Secretaria de Estado de Saúde e a Fundação Hospitalar de Minas Gerais, que coordena a rede hospitalar do estado, montaram uma operação especial para receber as vítimas, tanto em hospitais próximos – vários feridos estão sendo levados a Montes Claros, maior cidade da região, a 136 km de Janaúba -, quanto no Hospital João 23, em Belo Horizonte, se for preciso. “Toda a estrutura necessária, o que inclui aeronaves, veículos e demais equipamentos públicos, também foi colocada à disposição”, diz a nota do governo.

Em uma nota de pesar publicada no página da cidade no Facebook, o prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes (PSDB), decretou luto oficial de sete dias “em solidariedade à todas as famílias envolvidas no triste acontecimento”.  Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, as vítimas e suas famílias estão recebendo todo o amparo necessário, bem como assistência médica e psicológica.

Segundo informações divulgadas pela prefeitura de Janaúba, um ônibus será disponibilizado para levar doadores de sangue do município até o Hemocentro Regional, em Montes Claros.

Presidente

Em sua conta no Twitter, o presidente Michel Temer (PMDB) mostrou consternação pelo ocorrido. “Lamento imensamente essa tragédia com as crianças em Janaúba (MG). Quero expressar a minha solidariedade às famílias”, escreveu. “Eu, que sou pai, imagino que esta deve ser uma perda muitíssimo dolorosa. Esperamos que essas coisas não se repitam no Brasil.”

Vídeo mostra o desespero em frente ao local

 

Fonte: Veja