Fale Conosco

Na última sexta-feira (18) Lucas Ribeiro (PP) que é candidato a vice-prefeito de Campina Grande na chapa encabeçada por Bruno Cunha Lima (PSD) e que é neto do atual vice-prefeito da cidade, Enivaldo Ribeiro (PP), afirmou por meio de suas redes sociais que após quase oito anos da gestão de Romero Rodrigues à frente da cidade o sistema de atenção básica à saúde é precário.

“Quando as pessoas vão ao atendimento inicial de saúde, esse precisa de melhoras. Elas (pessoas) precisam dessa atenção. E nós (Lucas e Bruno) temos essa meta de fazer Campina referência no país na atenção básica de saúde”, afirmou Lucas em sua publicação.

Atualmente Campina Grande sofre com postos que foram fechados no decorrer da pandemia do novo coronavírus. Pelo menos 21 Unidades de Saúde da Família foram fechadas por falta de Equipamentos de Proteção Individual que são necessários durante a atual crise sanitária. Durante o período em que as 21 unidades de saúde foram fechadas Lucas Ribeiro não se pronunciou para questionar a decisão da gestão de Romero Rodrigues.

Na última quarta-feira (16) os profissionais de saúde do município realizaram um protesto para solicitarem melhores condições de infraestrutura nas UBSFs da cidade, que segundo eles se encontrariam em estado precário que oferta riscos a saúde dos profissionais.