Fale Conosco

O vereador Olímpio Oliveira (PSL) em entrevista nesta quinta-feira (6) lembrou que a Lei 3.721 de preservação da Art Déco de Campina Grande, sancionada em 1999, está fazendo aniversário. Ele destacou que a cidade é uma das poucas cidades que mantêm preservada a sua estrutura arquitetônica em diversas áreas, como nas ruas Maciel Pinheiro, Semeão Leal e Venâncio Neiva.

Segundo Olímpio, uma empresa de telefonia recentemente arrancou lajotas de uma calçada da cidade, construída com recursos públicos, e fez o remendo com cimento bruto, sem realizar a substituição correta. Ele disse que isso não pode ocorrer, tendo em vista que há uma lei que dita que a estrutura arquitetônica da cidade deve ser preservada. “Temos o sítio arquitetônico que é um dos únicos que temos ainda preservados no Brasil no Centro de Campina Grande. A cidade tem que ter pertencimento. Convido as pessoas envolvidas com o patrimônio histórico e arquitetônico para discutir”, comentou.

O vereador destacou ainda, que providências estão sendo cobradas junto às autoridades competentes. “Precisamos estar atentos, pois as investidas para descaracterizar o nosso principal patrimônio arquitetônico são constantes. Na semana passada, denunciei uma empresa telefônica que estava destruindo as calçadas da Rua Maciel Pinheiro e já tive informações de que a Secretaria de Obras chamou o feito à ordem”.