Paraíba

Vereador de Cabedelo investigado por excesso de faltas nas sessões tem pedido negado pela Justiça

O vereador de Cabedelo, José Eudes (PTB), que está sendo investigado pelo excesso de faltas na Câmara Municipal, teve o pedido de suspensão liminar do processo indeferido pelo desembargador Oswaldo Trigueiro do Valle Filho.

A defesa do vereador alegou que o processo apresenta vários vícios, como de iniciativa; atas sem assinaturas regulares; indeferimento do pedido de perícia grafotécnica e de oitiva de uma das testemunhas arroladas na defesa prévia; e audiências marcadas em datas nas quais ele não poderia comparecer por razões de saúde.

A Justiça rebateu os argumentos da defesa e citou na decisão elementos como excesso de testemunhas (foram permitidas cinco, ele apresentou sete); a dispensa da perícia grafoténica (uma vez que sua assinatura não está em questão no processo); os áudios solicitados foram analisados e não trouxeram argumentos sólidos para corroborar com o pedido do vereador; e que os documentos médicos não são suficientes para atestar a impossibilidade do comparecimento nas sessões.

Da redação com informações do Paraíba Já

Tags: Tags: