Paraíba

Vereador de Baraúna denuncia ex-prefeito que morreu “por engano” por improbidade administrativa

O Ministério Público da Paraíba instaurou nesta quarta-feira (10) inquérito civil para apurar possível ato de improbidade administrativa praticado pelo ex-prefeito de Baraúna, Alyson José da Silva Azevedo – que morreu no final do ano passado após levar um tiro do pai ao ser confundido com um assaltante.

De acordo com a denúncia do vereador José Nivanildo da Silva, o ex-gestor teria cometido irregularidades em despesas do município.

José informou que Alyson, sem abrir procedimento licitatório, teria afrontado diretamente a legislação e, ainda, se aproveitado para enriquecer-se ilicitamente.

Da redação