Fale Conosco

O vereador Anderson Maia (PSB) afirmou que a decisão de permanência no cargo do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), foi “covarde”, já que o gestor anunciava a pré-candidatura há alguns meses.

– Ano passado, o prefeito se manifestava entusiasmado em fazer uma disputa. Até em nível de declaração, de forma frustrada, tomou a decisão de permanecer no governo. Não vejo a decisão como encorajamento, vejo como um ato de covarde. Acho que no próprio grupo dele houve uma ‘ignoração’ para que ele não viesse a disputar […] Faltou coragem e se houvesse o apoio de quem compõe e apoia o prefeito ele seria um grande nome. Não é porque eu sou oposição que vou desmerecer o potencial do prefeito – opinou.

Anderson destacou também que o problema da oposição é que “se discute mais nomes do que projetos”.

– É uma oposição que não discute projetos para a Paraíba. Discute apenas os nomes e as composições, como se a Paraíba circulasse em torno de nomes e interesses particulares – reprovou.

*As declarações repercutiram na Rádio Correio FM, nesta quarta-feira (11).