Fale Conosco

prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) saiu em defesa da sua mãe e declarou, na tarde desta quinta-feira (21), que o Jornal Folha de São Paulo cometeu um “erro grosseiro” contra a deputada federal, Nilda Gondim (PMDB) ao acusa-la de receber doações de campanha da empresa Delta, de propriedade do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Para o prefeito a intenção da Folha de São Paulo é a de constranger opresidente da CPI do Cachoeira, o senador Vital do Rego Filho  (PMDB). Veneziano Vital destacou outros episódios recorrentes da Folha, onde, para ele, fica evidente que o referido órgão de comunicação trabalha para atingir o senador paraibano.

Vené relembrou a tentativa desenfreada da Folha em implantar “funcionários fantasmas” no gabinete do senador, Vital do Rego Filho (PMDB). “Eles tentaram, mas a verdade veio à tona e esse fato não gerou absolutamente nada. Ficou comprovado justamente o contrário, uma vez que as pessoas citadas existem e trabalham no gabinete de Vitalzinho”, pontuou.

O prefeito de Campina Grande, revelou ainda que a deputada Nilda Gondim ficou extremamente chateada com as inverdades publicadas pela Folha de São Paulo a seu respeito. “O próprio diretório nacional do PMDB fez questão de enviar uma nota oficial para isentá-la de tais acusações e lá estava a comprovação de todas as doações feitas para a sua campanha, portanto, não há nada a ser posto como dúvida”, frisou.

Para Veneziano, não custa nada aos órgãos de comunicação buscar apurar as informações corretas para, em seguida, publicá-las. “O que custa fazer uma pesquisa no site do TSE para publicar a verdade?”, finalizou o Cabeludo.

Fonte: PB Agora