• Vené cobra celeridade do STF nas investigações sobre denúncia de compra de silêncio de Cunha pelo presidente Temer

    Vené cobra celeridade do STF nas investigações sobre denúncia de compra de silêncio de Cunha pelo presidente Temer

    O deputado Veneziano Vita do rego (PMDB) cobrou nesta sexta-feira (19) celeridade do Supremo Tribunal Federal nas investigações e coletas de provas sobre a denúncia feita pelo presidente da JBS, Joesley Batista, de que discutiu com o presidente Temer a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Lava Jato, com o objetivo de evitar que ele fizesse delação.

    "O STF tem que investigar rapidamente, sem perder qualidade, e apresentar provas caso existam", destacou Veneziano acrescentando que a denúncia de Joesley Batista teve consequências graves na política e na economia brasileira.

    Para Veneziano,  as delações  do dono da JBS e homologadas pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, são de maior gravidade, no entanto as de gravações postadas não  mostram  que o presidente tenha estimulado o pagamento de propina.

    Veneziano se mostra  reticente do movimento da oposição no Congresso Nacional a favor do impeachment ou de renúncia do presidente Michel Temer. "Ninguém tem como se antecipar e pedir a renúncia do presidente. É uma decisão pessoal e intransferível do presidente", alega.

    O peemedebista ainda considerou normal a reação do presidente que em  pronunciamento em rede nacional, que não teme delação e que não renunciará.    

    Fonte:ClickPb

    19 de May de 2017
    Postado às 16hrs, por Dércio | 0 pessoas comentaram
"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".

Comentários (0)

formulário de comentario : : : : captcha