Fale Conosco

As vendas no varejo brasileiro subiram 1% em outubro na comparação com setembro, avançando 1,8% sobre um ano antes, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

A expectativa em pesquisa da Reuters era de que as vendas teriam alta de 0,50% em outubro na comparação mensal, segundo a mediana de 21 projeções que foram de queda de 0,20% a uma alta de 1%. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a expectativa era de avanço de 0,95% na mediana de 18 projeções, que variaram de perda de 0,10% a alta de 1,97%.

Nas séries sem ajuste, o varejo brasileiro cresceu, em volume de vendas, 1,8% em relação a outubro do ano passado, e 2,5% nos 10 primeiros meses do ano. Nos últimos 12 meses, a alta é de 3,1%.

A receita nominal avançou 7,9% em comparação a setembro e 8,9% no acumulado de 2014.

Em relação ao mês anterior, com ajuste sazonal, nove das dez atividades registraram variações positivas em termos de volume de vendas e uma teve variação negativa. As maiores altas foram vistas em Veículos e motos, partes e peças (4,3%); Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (3,5%); Tecidos, vestuário e calçados (2,0%) e Material de construção.

A atividade de Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria, com expansão no volume de vendas de 9,8% sobre outubro de 2013, contribuiu com a maior impacto positivo na taxa global do varejo. Nos acumulados dos primeiros dez meses do ano e dos últimos 12 meses, as variações alcançaram taxas de 9,5% e 9,9%, respectivamente.

VejaOnline