Fale Conosco

Desde que foi implantado, em abril, nas Unidades de Saúde da Família (USF) da Capital, o programa Gerente Saúde, além de prestar um atendimento mais humanizado, tem avaliado mensalmente a satisfação dos usuários através do Índice de Satisfação do Usuário (ISU). No mês de outubro, a nota para os serviços das USFs foi de 8,6, índice superior aos meses anteriores.

Ao longo do mês de outubro foram realizadas 1.983 entrevistas. Cada pessoa entrevistada pôde avaliar o atendimento dos profissionais de saúde, o tempo de espera no atendimento, a entrega dos medicamentos e estrutura física dos postos de saúde.

“Os resultados que o ISU traz consolidam os trabalhos realizados nos serviços da atenção básica, algo extremamente importante pois avalia os serviços, o que é necessário, visto que a saúde esta em constante movimento. São esses resultados que nos ajudam a melhorar e potencializar a assistência a partir das necessidades dos usuários demonstradas na pesquisa” comenta a secretária adjunta da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Ana Giovana Medeiros.

As maiores notas da avaliação foram para atendimento profissional com nota 9,5, acolhimento (8,5) e percepção de medicamentos (8,2) este último tendo a nota de outubro 86% superior à média dos dois primeiros meses

Acompanhamento – O programa Gerente Saúde estabelece um conjunto de medidas para aumentar a eficiência nos postos de saúde, incluindo a designação de um profissional para gerenciar cada unidade.

Os profissionais que atuam como gerentes participam de reuniões semanais em seus distritos sanitários. Nesses encontros, a equipe recebe capacitações sobre a rede de serviços e apresentam suas dificuldades, tudo para facilitar o atendimento prestado a população.

D R T . R J .15855

Para acompanhar os avanços decorrentes do trabalho desses profissionais, uma vez ao mês acontece uma reunião com os diretores dos cinco distritos sanitários e o prefeito Luciano Cartaxo, em que são discutidos o funcionamento de toda a rede de saúde de João Pessoa, o gerenciamento do programa e identificados os pontos que devem ser melhorados e o grau de satisfação dos usuários.

Além das reuniões mensais, o monitoramento social permanente serve de base para o Índice de Satisfação do Usuário (ISU), que, ao final de cada ano, permitirá uma premiação para as equipes que obtiverem os melhores resultados.

Atenção Básica – Na Atenção Básica é ofertado atendimento médico, de enfermagem e odontológico, além de visitas domiciliares realizadas pelas 195 equipes de saúde da família. O serviço ainda é formando pelas 34 equipes multiprofissionais que dão suporte aos profissionais da saúde da família, que são o Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF).

Esse serviço é complementado pelo atendimento voltado a população em situação de rua, realizado pelas equipes do Consultório na Rua, distribuição de imunobiológicos no Centro Municipal de Imunização e a produção do cuidado e modos de vida saudáveis nos três polos das Academias da Saúde.