Fale Conosco

Essa vem do Portal950, que caça alma sebosa lá pelo sertão e vez por outra enquadra quem tenta enganar a população com lorotas.

Após a inauguração do Hospital de Pronto Socorro, fechado desde o início da atual administração, surgiram inúmeras denúncias por parte de populares e militantes da oposição, tais como o deputado estadual André Gadelha (PMDB). 

Segundo as informações, o nosocômio foi inaugurado mas não tem sequer data prevista para entrar em funcionamento, pois não tem equipe médica. Além disso, foi denunciado através do rádio que os lençóis que lá estão ainda são da gestão do ex-prefeito Marizinho Abrantes.

O deputado André afirma que o ex-prefeito gastou um valor que daria para construir um edifício, mais de dois milhões, para pintar e trocar as portas da unidade hospitalar, e que a inauguração aconteceu apenas para tentar conseguir uma justificativa para esses gastos de 2 milhões e meio, mas que o hospital ainda não se encontra em condições de funcionar

Ainda conforme as informações, além de estar sem equipe médica, o hospital não dispõe dos mínimos equipamentos e medicamentos para atender a população. Mesmo assim, a inauguração foi feita com um show de bombas, na presença de autoridades do estado, apenas com o objetivo publicitário.

Enquanto isso, o Hospital Regional permanece, segundo denúncias, sem anestesistas, praticando um atendimento ruim, e abandonado por parte do poder público estadual.