Fale Conosco

O Tribunal de Justiça negou recurso do ex-prefeito de Sousa, João Estrela, e manteve a condenação por improbidade administrativa, com a suspensão dos direitos políticos por cinco anos e o ressarcimento ao erário de 60 vezes a remuneração do prefeito com juros e correção.

Utilizando o salário atual de R$ 16.662 que recebe o prefeito atual, o montante chega a R$ 1 milhão. Ainda há cobrança de juros e correção monetária e a condenação é referente ao ano de 1998. Com informações ClickPB.

Confira abaixo a decisão do juiz Agilio Tomaz Marqwues.