Fale Conosco

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba reprovou as contas o Partido da Mobilização Nacional. A Corte rejeitou o balanço financeiro apresentado pelo PMN, referente ao exercício de 2009. Segundo o relator, juiz João Ricardo Coelho, faltaram informações necessárias exigidas pela Justiça Eleitoral. Com a decisão, a contar do trânsito em julgado, o repasse do fundo partidário ao Partido da Mobilização Nacional fica suspenso por seis meses.